11 3569-9844 | 21 2533-2961

A criatividade publicitária e os avanços da neurociência

Quando pensamos em estratégias de comunicação desenvolvidas por agências e anunciantes, uma das questões centrais que surgem é o equilíbrio entre a construção emocional da marca e os dados de performance do comercial em questão.

Como Billy Nascimento, CEO aqui da Forebrain, fez a reflexão em seu artigo sobre o resultado do Effie Awards 2019,  é bem verdade que o mercado hoje vive mergulhado na cultura da performance, mas a parte de impacto emocional e envolvimento do consumidor com a marca é tão essencial quanto à metrificação e os números de retorno financeiro.

Nesse sentido, os efeitos de um trabalho da marca (ou branding) explicam como e porque campanhas publicitárias funcionam. Isso tudo acontece porque esses fatores ajudam a aumentar a probabilidade do consumidor pensar, notar ou reconhecer marcas durante situações de compra – que é chamado, pelo estudioso Byron Sharp, de disponibilidade mental.

Diante dessa realidade, a Forebrain é capaz de dizer quais técnicas de comunicação ajudam na criação de impacto positivo na mente do consumidor, por meio da análise cerebral dos participantes de pesquisas. Esse tipo de análise, além de contribuir para a veiculação de comerciais mais assertivos, auxilia na construção de disponibilidade mental e branding, considerando o impacto emocional a longo prazo. 

Através do BRAIN, nossa plataforma analytics que contém mais de 1000 comerciais avaliados por meio do EEG (trazendo a quantificação das respostas neurais de atenção, motivação e memorização para comerciais de TV), temos uma base de dados com insights que fazem toda a diferença na definição de estratégias de comunicação e lançamento de campanhas. Realizamos ondas de pesquisa 6 vezes ao ano de acordo com as principais datas do mercado, e os resultados da última onda do mês de outubro, foram publicados pelo Meio&Mensagem.

Os destaques desse mês enfatizam que marcas de diferentes setores são capazes de construir narrativas emocionais que alavancam as respostas cognitivas do consumidor para a construção de marcas através das expectativas que criam e das experiências que proporcionam.

Já parou para pensar se você está utilizando as técnicas certas para construção de impacto emocional? Se quiser saber mais sobre nossa base de dados com insights de comunicação baseados em neurociência, fale com um de nossos especialistas!

 

 

Deixe um comentário

© Forebrain. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Agência Inbound