11 3569-9844 | 21 2533-2961

Clipping – Meio&Mensagem: Grupo de Mídia do RJ faz evento para discutir muito mais que mídia.

Publicado em 28 de janeiro de 2017 – 10h03 por Pyr Marcondes de Meio & Mensagem

Marco Zero foi o nome que o Grupo de Mídia do Rio de Janeiro decidiu dar ao seu evento que de fato colocou em discussão temas que são hoje a base zero do futuro: Internet das Coisas, Economia Criativa, Big Data, Neurociência, Exponencialidade não são exatamente o temário clássico de um evento de profissionais de mídia. Mas nem o GMRJ quis de fato fazer um evento de mídia, para profissionais de mídia. Propôs-se discutir o Amanhã, no Museu do Amanhã, a estonteante sede arquitetônica no Marco Zero da Cidade sempre Maravilhosa. Teve mídia também, que ninguém é de ferro, mas ela foi coadjuvante, tendo entendido o evento que mídia não é ilha e que o mundo a sua volta muda tanto hoje e com tal profundidade, que melhor parar um pouco para olhar o horizonte entorno, para não perder o Norte e a bússola do que virá. Ou do que já chegou.

Quem curou e organizou tudo, com sua equipe, foi Fátima Rendeiro.

O evento teve Peter Kronstrom, head do Copenhagem Institute for Futures Studies. Teve Jesper Rhode da Hyper Island. Teve o filósofo Clóvis Barros Filho. Teve Billy Nascimento, da Forebrain. Entre outros.

Num dos painéis com tema mais inquietante, Inovações Exponenciais: Internet das Coisas, Big Data, Mobilidade, o evento abriu seu espaço para que Jesper Rhode, da Hyper Island, nos desse uma aula sobre o conceito de Exponencialidade e de como ele já começa a impactar nosso mundo de forma irreversível. Deu espaço também para que Andre Izay, CEO do Yahoo! Brasil, nos mostrasse o enorme potencial dos dados a serviço da assertividade. E para que Michel Lent, da Lent/AG, nos traçasse um cenário político e social do País e as dimensões em grande escala do cenário da comunicação global, em que o duopólio Google e Facebook dominam o protagonismo.

O tema Exponencialidade é bem pouco discutido nos eventos no trade da comunicação e do marketing. Mas deveria ser mais. Ele nos avisa que a ciência, o avanço tecnológico e a capacidade de geração de novas ideias está acelerando de velocidade e que, em talvez 20 ou 30 anos, passemos por uma curva exponencial de expansão de conhecimento, de tal ordem que tudo o que vemos hoje como problema, terá uma solução. Algo que terá impacto definitivo na forma como vivemos, mas também na forma como vamos fazer nossos negócios.

Deixe um comentário

© Forebrain. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Agência Inbound