11 3569-9844 | 21 2533-2961

O que o Neuromarketing diz sobre grupos de consumo.

Fiquei pensando em várias maneiras de começar o texto de hoje, porque embora o tema pareça já muito falado, esse é um dos pontos centrais do nosso blog. Aliás, não só do nosso blog, ou do nosso trabalho, mas principalmente do marketing e da publicidade. Vai um palpite?

Comportamento do consumidor, é claro! O estudo do público-alvo se tornou tópico de pesquisa não só por profissionais de comunicação, mas também para a ciência. Isso porque com o desenvolvimento da tecnologia e globalização, houve uma explosão de manifestações culturais e de identidade, o que tornou o mercado atual fonte de riqueza em termos de grupos de consumidores.

É nesse contexto que começo o post de hoje, para entrarmos em um tema que também tem sido tópico de diversas discussões e estudos, as famosas gerações. A gente escuta bastante coisa sobre a geração millennials, ou Geração Y, dos jovens (de 18-30 anos). Escutamos que é uma geração impaciente, individualista, e hiperconectada, dentre outras coisas. Quanto a Geração X (31-50), escutamos que é a geração dos responsáveis, que são pacientes, e o mais importante, a geração empreendedora.

Os comunicadores sabem que para atingir seu público-alvo é preciso entende-lo profundamente, justamente para que a comunicação fale a mesma língua dele, e finalmente o impacte e o impulsione à ação. Agora, quando uma marca quer anunciar um mesmo produto para dois diferentes públicos, tipo geração x e y, qual será a melhor estratégia? Seria possível realizar uma ação dessas?

O Neuromarketing está aí pra isso! Realizamos um estudo que mostra um ponto que responde essas duas questões. O cérebro de jovens e adultos funcionam de formas completamente distintas, o que faz com que determinadas comunicações sejam mais efetivas para jovens ou para adultos. Por exemplo, a própria construção e até abordagem da campanha atinge cada uma dessas gerações de forma completamente diferente.

E porque é importante saber disso? Porque essas são as duas gerações mais ativas no mercado atualmente, cada uma com suas particularidades; além de serem alvos das comunicações das grandes empresas.

Se faz cada vez mais necessário entender como funciona o cérebro atrelado ao comportamento do consumidor, mas mais do que isso, entender os diversos grupos de consumo que existem nesse imenso mercado atual.

Para acessar o trial do estudo e entender um pouco mais sobre como funciona o cérebro das gerações X e Y, clique aqui! 😉

Deixe um comentário

© Forebrain. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Agência Inbound