11 3569-9844 | 21 2533-2961

Porque você deveria estar usando neurociência.

Texto inicialmente publicado em 09 de novembro de 2017

 

Um dos principais motivos foi mostrado no texto “Multidisciplinaridade é ordem!”, onde eu contei um pouco sobre como os estudos de neurociência se desenvolveram e acabaram se estendendo para outras áreas de atuação.

Mas a importância da neurociência vai muito além disso, com o avanço das pesquisas na área, foi possível entender a fundo o funcionamento das atividades cerebrais das pessoas e as descobertas foram enriquecedoras. Listei alguns pontos que te mostrarão o motivo pelo qual você já deveria estar investindo em neuromarketing para aplicação na sua empresa:

 

  • A importância do estudo do Comportamento Humano

Quando estudamos o comportamento humano, descobrimos que por trás de toda atitude existem processos emocionais, cognitivos e fisiológicos (completamente inconscientes) que acabam sendo seus influenciadores. Hoje, esses estudos ganharam um vulto tão grande que a importância do entendimento do comportamento humano passou a ser aplicado em diversas áreas. O marketing, é claro, já é uma delas (Neuromarketing). 😉

 

  • Tomada de decisão

Por causa dos estudos do comportamento humano através da neurociência, foi descoberto que a tomada de decisão é 95% inconsciente, ou seja, a maior parte do tempo. Vou te explicar por quê.

Você sabia que do ponto de vista biológico, o cérebro que temos hoje tem o funcionamento idêntico ao do Homo sapiens de antigamente, nosso antepassado caçador-coletor? Cérebro esse que busca a todo tempo preservar sua energia.

É aqui que entra o conceito do sistema 1 x sistema 2, desenvolvido por Daniel Kahneman, que nos mostra que nossas decisões e comportamentos são comandados em sua maioria pelo sistema 1, inconsciente, rápido e automático. Este sistema, quando está em funcionamento, não exige grandes gastos de energia. Como eu já disse, 95% de nossas decisões são baseadas nesse sistema, e costumam ser as decisões mais corriqueiras da nossa rotina, como a escolha de produtos no supermercado, por exemplo.

Quando as decisões são mais complexas, e exigem mais tempo e raciocínio, o sistema 2 é acionado e passa a funcionar. Esse é o caso de problemas mais complicados, que exigem mais gasto de energia, como decisões no trabalho.

 

  • Aplicação do sistema 1 e 2 no mercad0 – o que é Disponibilidade Mental

Essa busca por preservar energia, que está totalmente ligada ao funcionamento/processamento de informações do sistema 1 e sistema 2, é totalmente voltado para a tomada de decisão. Vale lembrar que em um processo de decisão de compra, o sistema 1, ou inconsciente e automático, é que está em funcionamento.

Dessa forma, o foco das marcas deve ser neste sistema, e na construção de trabalhos de marketing e comunicação tão fortes que as marcas sejam escolhidas em um momento em que o consumidor faz escolhas não racionais no supermercado. Isso só é alcançado quando elas criam a disponibilidade mental.

A disponibilidade mental nada mais é do que a probabilidade de uma marca ser notada, reconhecida ou lembrada em um momento de decisão de compra. Isso só é possível quando a marca impacta positivamente o inconsciente do consumidor.

 

  • Criando Disponibilidade Mental

Para ser capaz de ser notada, reconhecida ou lembrada em um momento de decisão de compra, a marca precisa criar expectativas positivas no consumidor, e experiências ainda melhores. Este é um ciclo porque, quanto mais positiva for a expectativa construída na mente do consumidor e de igual forma for a experiência que ele tem com a marca, maior será a disponibilidade mental construída, aumentando a memória do consumidor e sua intenção de compra!

O conceito de expectativa e experiência pode ser aplicado a todas as grandes áreas do marketing empresarial, aqui na Forebrain divididas em Narrativas Emocionais, Memórias Associativas, Percepção Sensorial, Saliência Atencional e Arquitetura de Escolha. Dentro dessas áreas, é possível avaliar comunicação publicitária, percepção de produtos, embalagens e fragrâncias, branding, merchandising, PDV, identidade visual, entre outras.

 

  • Benefícios

O ponto principal deste tópico consiste no fato de que a maioria de nossas decisões e comportamentos acontece de forma inconsciente. Se você precisa entender o que realmente faz com que seu consumidor tenha determinado comportamento ou tome determinada decisão, é preciso ter acesso a metodologias capazes de mergulhar no universo do inconsciente. Metodologias essas que são oferecidas pela neurociência.

Quer saber um pouco mais sobre tudo que a neurociência te oferece? Clique aqui para conversar com um de nossos especialistas!

Este post tem um comentário

Deixe um comentário

© Forebrain. Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por Agência Inbound